Gastronomia: Onde estudar? Por onde começar? [2021]

-

Pensa em estudar Gastronomia, mas tem dúvidas do que esperar do mercado? 

Bom, se isso é isso que você procura, saiba que você está no lugar certo! 

Cozinhar é uma habilidade muito útil capaz de resgatar aromas, sabores, pessoas e lembranças. 

Para muitos, inclusive, é considerado uma arte – a arte de servir, transformar, agradar, cuidar, nutrir e amar. 

Por isso, e não poderia ser diferente, no mundo inteiro, chefs de cozinha estão cada vez mais em evidência. 

gastronomia-2
Atenção aos detalhes e personalidade são características de um excelente chef. (Foto: Reprodução)

Hoje não podemos negar que a carreira de gastronomia está cada vez mais em evidência e o glamour em torno do profissional da cozinha é parte disso. 

Porém, antes de embarcar nesta graduação é importante saber se você tem o perfil certo.

Saiba que além do ato de cozinhar, o profissional formado tem uma série de outras obrigações. 

E se você tem dúvidas do que esperar do curso e do mercado e gostaria de saber se realmente vale a pena fazer este investimento, basta acompanhar a leitura deste curso até o final. 

Vamos lá?

Para facilitar a sua leitura, o artigo foi dividido da seguinte forma:

Gastronomia: A importância da formação! 

Como foi falado no início do artigo, a procura por cursos de Gastronomia tem aumentado a cada ano.

Até mesmo produtos impossíveis a 5 anos atrás, como um curso de gastronomia online, estão acontecendo cada vez mais.

curso-de-gastronomia
(Foto: Reprodução)

Não há como negar que a carreira de gastronomia está em evidência e o glamour em torno do profissional da cozinha é parte disso. 

Porém, se você quer ter sucesso na carreira, é preciso buscar a formação correta. 

Basicamente, estudar gastronomia é a melhor alternativa, pois o curso traz o conhecimento prático e teórico para que os estudantes atuem no setor.

Hoje sabemos que investir nos estudos é uma forma de buscar crescimento na carreira e de se preparar para as mais variadas áreas da gastronomia.

Porém, você saberia dizer como é construída a formação? O que esperar do curso e do mercado?

Entenda agora como funciona a graduação em gastronomia e o que é necessário fazer para se destacar na área:

Gastronomia: Afinal, como é construída a formação?

Atualmente, temos o curso de Gastronomia na versão bacharelado (quatro anos) e tecnólogo (dois anos) com uma grade curricular trazendo matérias teóricas, como a história da gastronomia, sua evolução e relação com a cultura. 

Durante o curso você poderá se deparar com disciplinas que mais parecem do curso de Química, como bioquímica e microbiologia.

Muitas delas, inclusive, são focadas nos princípios da nutrição. Claro, não podemos esquecer da parte prática que envolve técnicas específicas, como panificação e preparo de bebidas, por exemplo.

Outro ponto interessante é que o aluno do curso de Gastronomia também tem matérias de administração, gestão financeira e planejamento de cardápios.

Conheça agora alguma das principais matérias do curso:

  • História e Cultura Gastronômica;
  • Cozinha Natural e Produção de Ingredientes;
  • Gestão de Alimentos e Bebidas;
  • Cozinha Brasileira de Raiz;
  • Cozinha Internacional;
  • Gestão de Equipes e Restaurantes.

Aqui também é importante frisarmos que desde 2010 é possível estudar gastronomia a distância no Brasil, através de um curso de gastronomia online.

Ou seja, mais um dos sinais de que esse mercado está em alta, pois há demanda de estudantes pelo curso.

Inclusive, além do curso tradicional, muitos estudantes optam também por esse tipo de curso de gastronomia online. 

Gastronomia: o que esperar do mercado?

Você tem uma ideia como está ou como ficará o mercado nos próximos anos?

Infelizmente, no momento em que estamos escrevendo esse artigo, ainda estamos passando por uma crise pública sanitária que tem trazido muitas incertezas. 

Porém, a grande verdade é que, mesmo em tempos de economia incerta, o setor de Gastronomia consegue se manter estável ou pouco alterado.

gastronomia
Sempre vai existir lugar no mercado para aqueles que estão dispostos a ir além. (Foto: Reprodução)

O mercado brasileiro de Gastronomia, por exemplo, tem passado por um intenso processo de profissionalização e diversificação. 

Hoje, aqueles que se formam em Gastronomia podem atuar como cozinheiro de hotéis, restaurantes e fast foods, consultor em Gastronomia, chef de confeitaria e especialista em Pratos Finos. 

Além disso, podem criar e executar cardápios. A formação também habilita o profissional para coordenar equipes e atuar na gestão de hotéis, restaurantes, bares, indústrias e hospitais.

E com relação a remuneração, apesar de que no Brasil, ainda não há um piso salarial estabelecido para os trabalhadores da área, para muitos especialistas, a tendência é que pelo menos aos poucos e devido à concorrência, os salários dos profissionais em Gastronomia também sejam valorizados. 

Atualmente, e na grande maioria das vezes, ela ainda continua sendo negociada com os próprios empregadores pelos sindicatos que representam o estabelecimento comercial onde o profissional trabalha. 

Segundo Guia de Carreira, o salário de um chef de cozinha varia de R$ 1.100 a R$ 3.500. Porém em alguns casos de chef que conseguem se destacar não é raro saber de salários acima de R$ 10.000.

Gastronomia: Cuidados que o profissional deve ficar atento

Como foi falado anteriormente, o mercado brasileiro de Gastronomia tem passado por um intenso processo de profissionalização e diversificação. 

Por isso, o profissional de Gastronomia, além de ter talento, criatividade, responsabilidade e respeito às regras de segurança alimentar, precisa também estar atento às tendências dos consumidores. 

Por exemplo, devido à redução no poder aquisitivo, muitos consumidores quando optam por comer fora escolhem os fast foods, que oferecem alimentação mais barata. 

Porém, por outro lado, temos uma parcela mínima da população brasileira que acredita que investir em alimentação não é prejuízo e, por isso mesmo, consomem comidas, muitas vezes mais caras, porém, mais saudáveis.

Ficar ligado nas tendências de mercado e saber se posicionar nesse mercado é primordial. Entenda primeiro o que você gosta, pelo que tem paixão, e aí foque em ter performance nesse segmento. As chances de sucesso são maiores.

curso-de-gastronomia-2
Acredite no seu potencial e na mensagem que quer passar ao mundo através da sua comida. Isso vai fazer toda a diferença na sua carreira. (Foto: Reproducão)

Quais são as principais escolas de gastronomia do Brasil?

Tecnologia em Gastronomia – IFSC

Para quem busca uma formação mais técnica na área, o Instituto Federal de Santa Catarina é uma excelente escolha. Com um curso bem focado em tecnologia do alimento o  Curso Superior de Tecnologia em Gastronomia do IFSC obteve nota máxima no MEC.

O curso de gastronomia tem duração de três anos, é gratuito (porque o IFSC é uma instituição federal) e está a bastante tempo como um dos melhores cursos de gastronomia do país.

SENAC (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial)

O serviço que o SENAC presta para a Culinária Brasileira é de se tirar o chapéu. A instituição oferece cursos em módulos de todos os tamanhos e é voltado para a parte mais técnica da cozinha.

Os cursos da área de gastronomia e alimentos do Senac são reconhecidos por todo o país. São centenas de opções desde Tecnologia em Gastronomia a Estética no Prato, confeitaria, bebidas e gestão.

Definitivamente não é um curso de gastronomia para se esperar pompa e circunstância, mas sim para aprender a “mão na massa”.

Tecnologia em Gastronomia – PUC-PR

Um dos primeiros cursos de gastronomia do Brasil a ter o diploma reconhecido no exterior, o curso  Tecnologia em Gastronomia da PUCPR encanta em Curitiba.

Com formação a título de graduação, o curso tem duração de 2 anos e conta com cozinhas super equipadas e uma ótima estrutura. O investimento é de aproximadamente R$ 9 mil.

Gastronomia – Estácio de Sá

Outro com título de graduação, o curso de gastronomia da Estácio de Sá nasceu no Rio mas já se difundiu em várias cidades brasileiras.

Uma instituição que tem tradição no ensino da gastronomia, o curso tem duração de 3 anos e forma o profissional para atuar em cozinhas de diversos países. Também tem foco na preparação empreendedora do profissional.

Gastronomia – Universidade Anhembi-Morumbi

Com 10 anos de história, o curso de graduação em Gastronomia da Anhembi já alcançou lugares altos no pódio entre os cursos de gastronomia do Brasil.

Com uma boa infra-estrutura e professores muito qualificados, a escola também mantém parcerias com institutos de renome como o Glion Institute of Higher Education (Suíça), Lês Roches Hotel Management School (Espanha e Suíça), e Institut Paul Bocuse Worldwide Alliance (França).

A universidade também faz a gestão do 1º Centro de Pesquisas em Gastronomia Brasileira.

Le Cordon Bleu Brasil

As cidades do Rio de Janeiro e de São Paulo são as primeiras a inaugurar o Le Cordon Bleu no Brasil. Os campus seguem a estrutura padrão das escolas internacionais e os alunos estudam com materiais originais dessa que é uma das escolas mais tradicionais do mundo.

O curso de gastronomia da Le Cordon Bleu Brasil é dividido em módulos e tem um alto índice de qualidade. Definitivamente o aluno da escola sai de lá qualificado para ser um chef em qualquer lugar do mundo.

Quais são as principais escolas de gastronomia do Mundo?

culinary-institute-of-america-gastronomia
O Culinary Institute of America at Greystone é uma das melhores escolas de gastronomia do Mundo. (Fonte: Reprodução)

ICC – International Culinary Center

Se existe um lugar contemporâneo que tem revelado grandes chefs para o mundo, esse lugar é o ICC – International Culinary Center. Fundado em 1984 possui sede na Califórnia e em Ney York e já formou mais de 15.000 alunos, dentre eles celebridades da área como Bobby FlayDavid Chang, Dan Barber e Christina Tosi.

Juntando os seus alunos — alguns lendários como Jacques PépinJacques Torres José Andrés — a escola acumula mais de 137 estrelas Michelin.

Le Cordon Bleu

Le Cordon Bleu, é considerada por muitos como uma das principais escolas de gastronomia do mundo. Desde 1895 a escola já formou lendas como  Julia ChildDione LucasNathalie DupreeNancy SilvertonAllen SusserJames PetersonLydia ShireMing Tsai

A escola oferece bacharelado, assim como programas de diploma e certificado em outros segmentos: culinária, patisserie e panificação, hotelaria e restaurantier.

Culinary Institute of America at Greystone

Localizado em um lindo castelo de pedra na Califórnia, é uma das instituições do mundo com o maior número de professores de alta titulação.

A escola é uma filial da CIAH. O curso de gastronomia contém um programa de 21 semanas (1 ano e 8 meses aproximadamente) e ainda contém um rigoroso estágio de 18 semanas ao final.

Culinary Institute of America at Hyde Park

Reconhecida por muitos como a melhor educação profissional de gastronomia do mundo, a Culinary Institute of America at Hyde Park é a escola mais tradicional de Gastronomia da América.

O curso de gastronomia deles “fornece” chefs para mais de 300 empresas no mundo todo. Podemos incluir nessa lista de ex alunos personalidades como Grant Achatz, definitivamente um dos maiores chefs do planeta.

Apicus

Situada em Florença na Itália, a Apicus Intenational School of Hospitality é uma instituição um pouco diferente das outras dessa lista. A escola segue uma estrutura mais acadêmica e se organiza como uma escola de hospitalidade, possuindo uma estrutura de última geração.

A Escola de Estudos sobre Alimentos e Vinhos da Apicius tem cursos de gastronomia nas áreas de Especialização em Vinhos, Comida e Cultura, Panificação e Pastelaria, Artes Culinárias, Vinho e Cultura e Ciências da Alimentação.

A escola faz parte da FUA (Universidade de Artes de Florença), e oferece curso de gastronomia com graduação em Estudos de Alimentos e Vinhos.

O Curso de Gastronomia é para todo mundo?

A verdade é que: depende. Realmente o investimento em um bom curso de gastronomia não costuma ser barato.

As escolas precisam investir muito dinheiro em equipamentos como fogões, facas, insumos, panelas, etc… Por isso cada aluno acaba gerando um curso alto, custo esse que geralmente é repassado na mensalidade geralmente.

Não é raro ver cursos com duração de 18 meses custarem mais de R$ 30 mil reais. Isso com certeza, na condição estrutural que temos no Brasil, acaba sendo um impeditivo para muitas pessoas.

Ana-Ros
A chef Ana Roš é um dos exemplos de cozinha auto-didata que ganhou o mundo. (Foto: Reprodução)

Existem casos de Chefs incríveis que nunca estudaram em uma escola formal de gastronomia, como é o caso da Chef Ana Roš. Mas isso requer uma dose MUITO grande de dedicação paralela aos estudos e muito talento.

A dica da cozinha nesse caso é: pesquise muito.

Se você tem um amor verdadeiro pela cozinha, vai encontrar uma maneira de se dedicar a ela. Mas caso decida fazer um investimento alto na sua formação, opte por um curso que vá te deixar PRONTO.

Procure por escolas que tenham programas interessantes de estágio e também que te dêem a estrutura e possibilidade de formar também uma maneira autêntica de pensar sobre comida. Isso que vai fazer toda a diferença.

Agora, caso você queira seguir carreira solo nos estudos até juntar uma grana, pode também pensar em um curso de gastronomia online.

Curso de Gastronomia Online, vale a pena?

curso-de-gastronomia-online
Aprender conceitos básicos da culinária online pode ser uma excelente estratégia de baixo custo. (Fonte: Reprodução)

Para dizer se um curso de gastronomia online vale a pena, precisamos fazer algumas ponderações. Dificilmente vai existir algo que substitua a experiência presencial quando se fala de gastronomia.

Tocar nos alimentos e ser guiado por um tutor é algo ímpar.

Porém, o advento da internet está aí para provar a todos que estamos vivendo uma nova revolução. Isso também se aplica à cozinha.

A culinária em alguns aspectos se assemelha com a arte. Se você é um bom artista e tem uma visão diferente do que faz pouco importa em que escola de arte estudou.

Tenha em mente que você é único e que nada substitui a criatividade e personalidade na cozinha.

5 dicas para se dar bem no Curso de Gastronomia Online

Tenha Clareza de Onde Você Está

Para conseguir absorver tudo que um curso de gastronomia online pode te oferecer você precisa saber em que estágio de aprendizado você está.

Faça um levantamento de tudo que você sabe sobre gastronomia e cozinha, teste a si mesmo e tenha humildade o suficiente para discernir o que você sabe e o que não sabe.

Dica da Cozinha: Faça um levantamento das principais técnicas culinárias e dê uma nota para si mesmo de 0 a 100. Feito isso, faça uma média e analise o resultado. Considere 0-35 para iniciante, 36-70 para intermediário e 71-99 para avançado).

Sugestão de áreas para análise: técnicas de corte, técnicas de panela, preparo de carnes, massas, cozinhas internacionais, história da alimentação, confeitaria, panificação…

Se Organize

Você só terá sucesso na sua jornada de aprendizado online se organizando. Após saber exatamente qual é o seu conhecimento atual de culinária organize a sua rotina de estudos.

Se apegue a rotina ela e construa conhecimento diariamente. Isso vai fazer com que você tenha sucesso e aproveite ao máximo seus cursos.

A maioria das pessoas fracassa no curso de gastronomia online porque acredita que comprar o curso é suficiente para aprender. Tenha em mente que você precisa ralar e se dedicar se quiser se diferenciar.

Crie um Cronograma de Estudos

Depois de saber quais são seus pontos fortes/fracos e criar uma rotina de estudos é hora de desenvolver um cronograma.

Coloque no papel em quanto tempo você quer dominar os conhecimentos que ainda faltam e desenhe um plano de ensino para si mesmo.

Saber exatamente o que você vai estudar hoje (semana que vem… mês que vem… semestre que vem…) vai te aliviar a pressão da escolha diária e ajudar no foco.

curso de gastronomia online
Estude sempre que puder e sempre mantenha seus objetivos da culinária em foco. (Foto: Reprodução)

Procure por Soluções Baratas

Quando se trata de aprender gastronomia na internet ou de um curso de gastronomia online, dê sempre prioridade ao custo-benefício. Evite cursos caros de chef renomados em um primeiro momento.

Como você está trabalhando no seu conhecimento base, vá lendo e assistindo cursos que ensinam técnicas básicas. Isso vai te dar um alicerce para alçar novos vôos.

Dica da Cozinha: Preste uma atenção especial em eBooks. Geralmente os mais vendidos são super bem escritos e trazem um excelente conteúdo por um valor bem pequeno.

Cursos grandes e completos geralmente são ótimos, mas se você for investir uma grana alta nesse tipo de formação procure primeiro por cursos presenciais na região onde você mora. Sempre coloque o investimento na balança antes de passar o cartão.

Caso você seja um fã de livros, pode consultar o artigo que fizemos com os 10 melhores livros de gastronomia clicando aqui.

cozinha-em-casa
Tenha fé nas suas habilidades e teste sempre. (Foto: Reprodução)

Se Coloque à Prova

Após cumprir a sua rotina de estudos e ir fazendo check nas habilidades que te faltavam, se coloque à prova.

Testar as suas habilidades vai te dar um excelente feedback sobre o que ainda falta para chegar no nível que você deseja. Organizar jantares com amigos sinceros é sempre uma boa pedida.

Evite fazer testes com mães, pais e avós. Geralmente essas pessoas estarão acompanhando o seu esforço para aprender a cozinhar como um chef e pensarão duas vezes antes de fazer uma crítica dura.

Ter opiniões maqueadas sobre o seu progresso geralmente é pior que não ter opinião nenhuma.

Dito isso, vamos aos melhores lugares para se encontrar um bom curso de gastronomia online ou materiais de estudo:

Hotmart

A Hotmart é a maior plataforma online de produtos digitais da América Latina. Lá existem cursos online e materiais de ensino dos mais diversos segmentos, incluíndo a gastronomia.

Mas cuidado, antes de adquirir o seu curso de gastronomia online lá, você precisa tomar alguns cuidados.

Praticamente qualquer pessoa pode criar um curso e publicá-lo na Hotmart. Você precisa estar bem atento a alguns detalhes antes de comprar:

  • Quem é o professor?
  • Quantos cursos ele já criou?
  • Qual é a grade curricular do curso?
  • Quantas horas esse curso tem?
  • Qual é o material de apoio que o curso oferece?
  • Qual é a política de reembolso?

A Hotmart tem uma garantia mínima incondicional de 7 dias. Isso quer dizer que se você comprar algo e não gostar você pode pedir seu dinheiro de volta durante esse período.

Isso serve tanto para o seu curso de gastronomia online quanto para eBooks ou Palestras dentro da plataforma.

Aqui vão bons exemplos de materiais que podem ser encontrados na Hotmart:

Udemy

A Udemy também é uma plataforma de cursos online, porém tem uma estratégia de negócios um pouquinho diferente da Hotmart. Lá você vai encontrar cursos mais rápidos e técnicos, ótimos para aprendizados pontuais, incluíndo cursos de gastronomia online.

O site geralmente tem promoções de cursos a partir de R$ 19,90 em algumas épocas do ano, o que torna muito atrativo dar uma procurada por algo que te interesse.

Dando uma olhada rápida, procurando por um curso de gastronomia online, você pode encontrar facilmente opções como:

Nitidamente percebe-se que a plataforma não foi feita para a culinária. A quantidade de cursos de outros segmentos é infinitamente maior, porém, se você se esforçar um pouco na busca pode encontrar coisas baratas e de qualidade.

(Não estamos ganhando nem um tipo de comissão da Udemy, apenas fizemos a busca para mostrar que é possível encontrar opções baratas em sites diferentes)

Eduzz

A Eduzz é uma plataforma muito semelhante as suas duas irmãs mais velhas de cima. Ela tem um número menor de produtos digitais porém costuma ter muito conteúdo de qualidade.

Uma das coisas que o pessoal aqui da Cozinha que Fala mais consumiu de lá foram eBooks, realmente vale a pena perder um tempinho procurando.

Caso você queira se aventurar no catálogo deles, basta clicar nesse link e fazer o seu cadastro na plataforma.

Superprof

A Superprof é uma ferramenta que descobrimos a pouco.

Trata-se de uma plataforma de ensino que une alunos a professores particulares de vários lugares do Brasil.

Trazendo a ferramenta para a nossa realidade, você pode por exemplo criar a própria rotina de estudos e ir marcando tudo que tiver dificuldade de aprender sozinho em uma folha para discutir com um professor mais tarde.

As aulas eram feitas de forma presencial e online, após a pandemia apenas encontros online estão acontecendo.

Caso você queira dar uma olhada nos professores de culinária, é só clicar nesse link.

Não é exatamente um curso de gastronomia online, mas pode ajudar muito no aprendizado.

DICA BÔNUS – SE APAIXONE PELOS LIVROS

livros-de-gastronomia-1
Livros são os melhores companheiros da cozinha. (Foto: Reprodução)

Livros de Gastronomia

É inegável que livros são uma excelente fonte de conhecimento. Na gastronomia, alguns livros podem custar até mais caro do que cursos básicos, porém, são uma excelente base de conhecimento “portátil”.

Geralmente bons livros de gastronomia demandaram muito esforço para serem concluídos. É preciso uma excelente produção de imagens de passo a passo, dados precisos e informações relevantes.

Por isso uma coisa é certa, não é a toa que alguns clássicos estão firmes e fortes por aí vendendo várias unidades todos os meses.

Se você quiser uma dica de livros para começar os seus estudos, aqui vão algumas:

Caso queira conhecer mais títulos, pode conferir a lista de livros de Gastronomia da Amazon clicando nesse link.

Conclusão – Gastronomia: Onde Estudar? Por Onde Começar?

E aí? O que achou do artigo? Gostou das dicas e das informações? 

Como foi possível perceber durante a leitura do artigo, hoje não podemos negar que a carreira de gastronomia está em evidência e o glamour em torno do profissional da cozinha é parte disso. 

A grande verdade é que devido à ampla formação, quem faz faculdade de Gastronomia pode atuar em diversas áreas. É possível até se tornar um bom cozinheiro fazendo um curso de gastronomia online.

Porém, antes de embarcar nesta graduação é importante saber se você tem o perfil certo.

Saiba que além do ato de cozinhar, o profissional formado tem uma série de outras obrigações. 

E esperamos, sinceramente, que o artigo tenha te ajudado a tornar esta decisão muito mais fácil.

Dica da Cozinha: Se você gosta de história, não deixe de ler o nosso post A Verdadeira Origem da Feijoada. Está imperdível!

Aproveite, curta e compartilhe a sua opinião conosco. 

Até a próxima! 

A Cozinha Que Falahttps://acozinhaquefala.com.br
Se a sua cozinha falasse, o que ela diria? Aqui eu digo tudo! MUITO PRAZER, sou a Cozinha que fala! #cuisinenopopulê

Posts Recentes

Categorias Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui